Segunda, 16 de Maio de 2022
27°

Muitas nuvens

Parintins - AM

Política ELEIÇÕES 2022

A busca é pelo poder e não por governo

Dos 12 pré-candidatos à Presidência incluindo Jair Bolsonaro, os principais nomes têm apenas um objetivo, o Poder. O Brasil fica em segundo plano.

03/01/2022 às 22h46 Atualizada em 03/01/2022 às 22h55
Por: Eduardo Gomes
Compartilhe:
A busca é pelo poder e não por governo

Entramos em um ano eleitoral. E com ele, um cenário de doze pré-candidatos, onde alguns ficarão no meio do caminho até maio, diante da polarização entre o atual presidente Jair Bolsonaro (PL) candidato à reeleição e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Na segunda bateria correm o ex-juiz Sérgio Moro (Podemos), Ciro Gomes (PDT), João Dória (PSDB), Simone Tebet (MDB). Mais atrás, estão o presidente do Senado Rodrigo Pacheco (DEM), Simone Tebet (MDB) e Alessandro Vieira (Cidadania), todos com um pouco de visibilidade perante o eleitorado. E por último, Aldo Rabelo (Sem Partido), André Janones (Avante), Felipe D’Ávila (Novo) e Leonardo Péricles Vieira Roque do desconhecido UP (Unidade Popular pelo Socialismo).

Observa-se que Bolsonaro, Lula, Moro, Ciro e Dória em suas falas ao longo dos últimos meses, tem um traço em comum. Nenhum deles apresentou minimamente um plano ou ideia de governo para o País.

O Brasil já foi ocupou na década de 2010, a 6ª. posição dentre as maiores economias do mundo. Com os governos Dilma Roussef (PT) afastada por impeachment e seu sucessor Michel Temer (PMDB) o País foi perdendo posições entre as maiores economias do mundo.

No governo Bolsonaro, o País experimentou uma deterioração da economia. Ocupa hoje a 12ª. posição entre as maiores economias do mundo, segundo o Fundo Monetário Internacional (FMI) e em 13º. na avaliação da Austin Rating, ranking divulgado no final do ano passado.

É certo que o debacle da economia brasileira também se deve ao cenário econômico mundial tendo como um dos componentes a crise financeira de 2008. A partir daí, o Brasil passou a vivenciar uma crise sob crise. Um dos efeitos foi a queda nos preços das commodities reguladas pelos preços mundiais e a mais recente crise como consequência da pandemia do Covid-19.

As crises econômicas tiveram como aliados, a classe política, representadas pelos candidatos à Presidência. Em todas as eleições e principalmente a partir de 2002, os candidatos à presidência não apresentaram à Nação, um plano econômico à altura do que merece o País.

Ninguém, nenhum dos candidatos ao Palácio do Planalto, apresentaram ao País, efetivas políticas de Estado voltada para o desenvolvimento industrial, agrícola, ambiental, de inovação tecnológica dentre outras áreas estratégicas.

Muito pelo contrário, assistimos ao longo dos anos, a adoção de políticas populistas, com o único objetivo, o de se perpetuar no Poder, como vemos com os programas sociais adotados desde o governo de Fernando Henrique Cardoso, seguida pelos dois governos do PT e agora pelo governo de Jair Bolsonaro eleito sem um programa de governo consistente empurrando mais ainda o País para o abismo.

O resultado todos já sabemos. Alta no desemprego, aumento na pobreza, jogando no ralo da miséria milhares de brasileiros, uma profunda desindustrialização no setor produtivo, uma inflação fora de controle.

Nesta próxima eleição se vislumbra a mesma toada nas retóricas vazias. Pelo andar da carruagem, o brasileiro irá às urnas no dia 2 de outubro sem que tenha que depositar seu voto em um candidato com um efetivo e palpável programa de governo, capaz de tirar o País do atoleiro econômico e social.

Todos os candidatos anseiam apenas o Poder para compartilhar com seus asseclas. O Brasil e os brasileiros, são meros detalhes.

 ENQUADRADOS – O bolsonarismo em São Paulo, governado pelo PSDB sofreu um duro revés. Uma diretriz da cúpula da Polícia Militar de São Paulo publicada no Diário Oficial, proíbe aos policiais militares exibir nas redes sociais, armas, equipamentos, táticas operacionais e comentários de cunho político-partidário. As regras atingem policiais da ativa, da reserva ou aposentados.

SEM COVID – O presidente Bolsonaro internado desde a madrugada desta segunda-feira (03/01) em São Paulo por conta de um desconforto abdominal, testou negativo para a covid-19. Seu quadro clínico é considerado estável.

A VOLTA DO VICE – O vice-presidente da república Hamilton Mourão, desembarcou em Brasília na noite desta segunda-feira. Ele estava de férias na Bahia. Segundo a Assessoria de Mourão, sem retorno não está relacionado a internação do presidente Jair Bolsonaro.

NO AVANTE – Convidado a se destituir do PDT pela direção nacional do partido, o ex-vice-prefeito de Manaus e ex-deputado federal Hissa Abrahão pode estar com um pé no Avante, partido do prefeito David Almeida. Hissa que retornar à Câmara Federal nestas eleições.

ROTTA NO COMANDO – O vice-prefeito de Manaus, Marcos Rotta (DEM) vai ganhar um pouco de visibilidade durante dez dias. Ele assumiu interinamente a Prefeitura de Manaus diante do afastamento do prefeito David Almeida que iniciou ontem férias.  

DEBANDADA - Depois da receita agora são os servidores de carreira do Banco Central a entregarem cargos de chefia em protesto contra o governo Jair Bolsonaro. Motivo: reajuste salarial.

CAMPANHA VIRTUAL – Líder nas pesquisas de intenção de votos para o Governo do Estado, o ex-governador Amazonino Mendes (sem partido) segue fazendo sua campanha nas redes sociais, ao contrário do senador Eduardo Braga (MDB – 2º. colocado) e governador Wilson Lima (PSC – 3º. colocado).

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Jogo do Poder
Jogo do Poder
Sobre Tudo sobre os Bastidores do Poder e da Política na ótica do Jornalista Eduardo Gomes.
Parintins - AM Atualizado às 11h46 - Fonte: ClimaTempo
27°
Muitas nuvens

Mín. 25° Máx. 30°

Ter 32°C 23°C
Qua 28°C 22°C
Qui 29°C 21°C
Sex 28°C 20°C
Sáb 31°C 22°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Enquete
Ele1 - Criar site de notícias