Quinta, 16 de Julho de 2020
92 98469-0313
Saúde Covid-19

Amazonas pode ter novo pico de coronavírus caso população não siga restrições em retomada de comércio, diz FVS

Caso novo pico ocorra, órgão informou que reabertura das atividades pode ser interrompida.

28/05/2020 10h40
Por: Redação
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Apesar do anúncio do plano divulgado pelo Governo do Amazonas, de reabertura gradual do comércio, em Manaus, que irá ocorrer a partir do dia 1º de junho, a Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM) alertou que um segundo pico do novo coronavírus pode acontecer, caso a população não siga as medidas de prevenção a doença. Caso o novo pico ocorra, o órgão informou que a reabertura das atividades pode ser interrompida.

O número de casos confirmados do novo coronavírus no Amazonas passa de 33,5 mil e são mais de 1,8 mortes em decorrência da doença. O número de recuperados no estado é de 26,7 mil. Em Manaus, onde o plano de reabertura do comércio deve acontecer, mais de 14,8 mil casos, com mais de 1,2 mortes.

A diretora-presidente da FVS-AM, Rosemary Pinto, informou nesta quarta-feira (27), durante coletiva de imprensa em que a reabertura gradual do comércio foi anunciada, que, apesar da medida, a população deve continuar a seguir as medidas de prevenção ao novo coronavírus, pois um segundo pico da doença ainda pode ocorrer.

"O risco ainda não passou. Ainda temos um potencial de transmissão muito alto. Nós ainda temos a possibilidade de termos um novo pico. Queremos aqui fazer um pacto com todos. Tivemos uma reunião com os poderes, mas nós queremos fazer um pacto com a sociedade. Esse convívio social que estamos flexibilizando em algumas situações agora, vai depender muito de como a sociedade vai se comportar", disse Rosemary.

Rosemary informou ainda que, junto com o plano de reabertura do comércio e igrejas, a FVS-AM ainda deve divulgar um documento com as normas específicas para os diferentes setores, mas a orientação básica são:

  • Distanciamento social;
  • Home office
  • Evitar aglomerações
  • Manter grupo de risco em casa;
  • Uso de máscara, álcool em gel, higienização dos ambientes
  • Marcação de espaço orientado quando o local tiver fila.
  • Limpeza de áreas frequentemente manuseadas

"Estamos preparando um documento, que deve sair em breve, com as orientações mais específicas e por setores. Temos a necessidade de mobilizar a população, pois tanto os empreendimentos, quanto a população, tem sua responsabilidade nesse pacto, que é aderir estritamente as normas que serão colocadas. Se nós tivermos um retrocesso, essas medidas que estão sendo colocadas serão interrompidas. Há a necessidade que todos colaborem. É um risco real que depende do comportamento de todos nós", afirmou a secretária.

Plano de reabertura do comércio

O plano de reabertura gradual do comércio, que irá ocorrer a partir do dia 1º de junho, foi apresentada pelo Governo do Amazonas, na noite desta quarta-feira (27). A medida vale somente para capital. A flexibilização ocorre, segundo o governo, após redução no avanço da Covid-19, no estado. A reabertura gradual do comércio, segundo o anúncio, ocorrerá em quatro fases, com início no dia 1º de junho, até seis de julho.

Segundo o governador Wilson Lima, a reabertura gradual dos serviços não essenciais leva em conta a diminuição dos casos da Covid-19 na capital. Ainda conforme o governo, o plano de reabertura considera, também, as medidas de prevenção contra o novo coronavírus, que devem ser mantidas.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Parintins - AM
Atualizado às 09h53 - Fonte: Climatempo
24°
Poucas nuvens

Mín. 23° Máx. 33°

24° Sensação
13.8 km/h Vento
51.6% Umidade do ar
90% (10mm) Chance de chuva
Amanhã (17/07)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 24° Máx. 32°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Sábado (18/07)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 24° Máx. 33°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Ele1 - Criar site de notícias