Terça, 19 de Outubro de 2021
29°

Pancada de chuva

Parintins - AM

Entretenimento & Cultura Mulheres

Em fase final de produção, livros biográficos de mulheres empreendedoras de Manaus devem ser lançados no mês que vem

Projeto “Biografias Colaborativas” quer inspirar novas mulheres a partir de histórias de vida de cinco moradoras da capital amazonense

11/10/2021 às 19h04
Por: Redação
Compartilhe:
Em fase final de produção, livros biográficos de mulheres empreendedoras de Manaus devem ser lançados no mês que vem

Contar cinco diferentes histórias de vida e mostrar a superação de mulheres que persistem na luta diária para vencer por meio do empreendedorismo. Esses são alguns dos objetivos do projeto “Biografias Colaborativas’, desenvolvido em Manaus desde o mês de abril e que está na fase final. Em novembro, os livros biográficos que contam as histórias de Chay Santos, Maíse Ribeiro, Michelle Leite, Rute Lima e Vanda Ortega devem ser lançados. O conteúdo é inspirador e traz uma mistura de sonhos, coragem, garra e talento.

Nos últimos meses, as biografadas participaram de treinamentos e consultorias de empreendedorismo, com o foco nos negócios que cada uma cuida. O quinteto também concluiu as conversas para a construção das biografias. Entre os momentos já vivenciados, também estão os ensaios fotográficos para as capas dos livros e a produção do vídeo que contará o dia-a-dia e a transformação que o projeto vem impactando na vida de cada uma delas.

Os livros detalham também uma série de percalços que as biografadas enfrentaram, entre as situações, a fome e violência, mas sobretudo, a luta individual de cada uma das biografadas para superar esses episódios, e isso é um outro ponto interessante de cada obra.

Motivação - Cada relato foi cuidadosamente captado. Como em uma linha do tempo, memórias, fotos, objetos e lugares foram revisitados e deram espaço a criatividades das biógrafas em contar conflitos, dilemas, obstáculos, desafios, aprendizados e conquistas.

A chef de cozinha Michelle Leite, de 34 anos, lembra algumas das tantas reviravoltas que contará no livro. “Perdi minha mãe para o câncer e não foi fácil. E é na cozinha que empreendo e busco a superação. Assim como a de muitas, minha história é de luta e é isso que me motiva a participar do projeto e espero inspirar outras mulheres”, disse.

Capacitação - O projeto Biografias Colaborativas, por meio de consultoria especializada, capacitou as biografadas com a expertise de profissionais renomados do empreendedorismo de Manaus, para que, além dos livros, a história de sucesso de cada uma possa ter continuidade, em seus negócios.

A publicitária e produtora de moda Chay Santos, de 31 anos, é uma das biografadas e ressalta que o investimento em sua carreira tem sido o grande diferencial desse projeto. “O Biografias está sendo a realização de um sonho na minha carreira de empreendedora e superou minhas expectativas pela grandiosidade. Melhorei gestão, postura e outras coisas que eu precisava pensar como empreendedora. Eu estou muito feliz em fazer parte disso tudo”.

Identidade – Em Manaus, parte da cultura de formação da população transpassa a identidade indígena. No Parque das Tribos, o primeiro bairro indígena da capital, vivem mais de 700 famílias de 35 diferentes etnias, entre eles, os Witoto, que lutam para manter sua cultura viva. Liderança de seu povo, a técnica de enfermagem e costureira Vanda Ortega, de 33 anos, também terá sua história contada em livro. Ela lembra do quanto é importante seu lugar de fala nesse projeto.

“Aqui só sou uma voz falando, por trás de mim existem outras mulheres. E isso para nós, mulheres Witoto, representa o fortalecimento do nosso trabalho e da nossa cultura. E com o livro, certamente, vamos mostrar um pouco das nossas lutas e, inspirar outras mulheres, jovens, parentas, certamente nos enche de muita alegria”.

Superação – Com olhar marcante, desenvoltura, adereços e movimentos vibrantes dos quadris ao som de música árabe, a dança do ventre tem espaço na cena manauara. A coreógrafa, bailarina e professora Maíse Ribeiro, de 53 anos, resgatará, em sua biografia, a violência e os abusos sofridos na infância e, contará sobre como conseguiu vencer por meio da dança.

“Eu me sinto revigorada em ver e rever minha história. A minha biografia envolve pedofilia, negligência emocional, pressão psicológica, abuso infantil. E eu a vejo como um norte para mulheres, pois se eu sobrevivi, ao que eu passei durante minha infância e estou viva hoje, construindo outras mulheres, transformando outras mulheres por meio da dança, quero inspirá-las a vencer, como eu venci”.

Mulheres – O projeto Biografias Colaborativas, destaca ainda a importância do papel da mulher na sociedade e o lugar de fala da representatividade e diversidade. A advogada e consultora ambiental Rute Lima, de 41 anos, revela que sua história vai inspirar outras mulheres, pois todas se entrelaçam de alguma forma.

“O projeto significa oportunidade de contarmos nossas histórias de vida e superação. Vou contar do meu acidente para que outras mulheres se reconheçam nessas histórias e vejam que elas não estão sozinhas. Não só elas, mas as mulheres trans e as LGBT vão se sentir representadas. Porque quando a gente fala de mulher, tem um universo muito grande feminino e eu sou parte desse universo, sou mulher negra, deficiente e LGBT”.

Livros - As biografias de cada uma das cinco mulheres foram contadas por biógrafas exclusivas. O lançamento das obras está previsto para o mês de novembro e serão disponibilizados para venda em livrarias da cidade e site. Os valores referentes aos direitos autorais da venda dos livros serão repassados para as biografadas. 

Em convergência de mídias, o último capítulo será em branco, pois a renda das vendas será direcionada ao negócio de cada empreendedora. Assim, essas histórias inspiradoras continuarão sendo escritas a muitas mãos. Desta vez, com a participação do leitor que incentivar o projeto. Os capítulos finais dos livros serão disponibilizados no site do projeto - um mês após o lançamento - para que haja interação com os leitores que adquirirem os exemplares.

O projeto Biografias Colaborativas é apresentado pelo Ministério do Turismo, através da Lei de Incentivo à Cultura, patrocinado pela Águas de Manaus, idealizado pela NBS SoMa, com realização da Sagre Consultoria, Secretaria Especial da Cultura e Ministério do Turismo.

Para o diretor-presidente da concessionária Águas de Manaus, Thiago Terada, incentivar projetos como o Biografias reforçam os laços da empresa com a população da capital. “O projeto Biografias Colaborativas mostra que a concessionária está imersa na realidade local e vive o dia a dia da cidade. Temos cinco grandes mulheres, que sonham e lutam para manter vivo seus negócios e sonhos. Estamos atuando para transformar a vida delas e dar visibilidade para que elas possam inspirar outras mulheres, por toda Manaus”, ressalta.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Parintins - AM Atualizado às 18h39 - Fonte: ClimaTempo
29°
Pancada de chuva

Mín. 24° Máx. 31°

Qua 29°C 23°C
Qui 31°C 22°C
Sex 32°C 22°C
Sáb 31°C 23°C
Dom 32°C 24°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Ele1 - Criar site de notícias