Quinta, 29 de Julho de 2021 18:21
92 985461091
Geral Amazônia

Desmatamento na Amazônia: área devastada no primeiro semestre é a pior da década, mostra Imazon

Apenas em junho foram destruídos 926 km² de floresta, território quase três vezes maior do que Fortaleza

19/07/2021 09h33
Por: Redação Fonte: O Globo
A Rodovia TransAmazônica gera um boom no desmatamento na região do entorno, atraindo aventureiros, grileiros e madeireiros ilegais ao longo dos anos. Foto: Brenno Carvalho/Agência O Globo
A Rodovia TransAmazônica gera um boom no desmatamento na região do entorno, atraindo aventureiros, grileiros e madeireiros ilegais ao longo dos anos. Foto: Brenno Carvalho/Agência O Globo

RIO — O desmatamento na Amazônia atingiu 926 km² em junho, uma área quase três vezes maior do que a cidade de Fortaleza, aponta levantamento do Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon), divulgado nesta segunda-feira. O número representa um aumento de 10% em relação a junho de 2020 e é o terceiro maior para o mês em 10 anos.

No acumulado dos primeiros seis meses de 2021, o desmatamento atingiu a maior área da década para o período, segundo o monitoramento do instituto, realizado por meio do Sistema de Alerta de Desmatamento (SAD), que utiliza imagens de satélite e de radar.

“Já vínhamos acompanhando esse aumento do desmatamento mensalmente, com recordes negativos. As áreas desmatadas em março, abril e maio foram as maiores dos últimos 10 anos para cada mês. E, se analisarmos apenas o acumulado em 2021, o desmatamento também é o pior da última década”, afirma em nota Antônio Fonseca, pesquisador do Imazon.

A um mês de fechar o ano-calendário, que vai de agosto a julho, o desmatamento na Amazônia já aumentou 51% em relação ao período anterior. O acumulado nos últimos 11 meses, de agosto de 2020 a junho deste ano, chegou a 8.381 km².

Os estados com maior área destruída no mês passado são Pará e Amazonas, que juntos representaram 61% do desmatamento na Amazônia Legal. Desde 2006 o Pará encabeça. Em junho, quatro de seus municípios estiveram entre os que mais desmataram - Altamira, São Félix do Xingu, Novo Progresso e Itaituba, num total de 174 km²

Meio ambiente:  Falta de ações concretas do governo na Amazônia já preocupa EUA, Noruega e Alemanha

No Amazonas, a destruição avança pelo Sul do estado, nos municípios de Apuí, Boca do Acre e Novo Aripuanã, que estão numa área onde o governo estuda criar um novo polo de produção agrícola. Juntos, os três municípios perderam 143 km² de floresta.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Amazônia
Sobre Amazônia
Notícias sobre a Amazônia!
Parintins - AM
Atualizado às 19h09 - Fonte: Climatempo
31°
Pancada de chuva

Mín. 26° Máx. 32°

31° Sensação
6.1 km/h Vento
42.9% Umidade do ar
67% (25mm) Chance de chuva
Amanhã (30/07)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 25° Máx. 29°

Sol com muitas nuvens e chuva
Sábado (31/07)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 24° Máx. 30°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Ele1 - Criar site de notícias