RECOLHIMENTO FORÇADO

Bi Garcia vai decretar toque de recolher a partir desta quarta

Após a primeira morte de um paciente que esteve em Parintins, Ministério Público recomenda medida para conter avanço do coronavírus na cidade, já que uma parcela da população insiste em não cumprir a determinação de isolamento social.

24/03/2020 23h17
Por: Eduardo Gomes
Promotoras Marina e Eliana recomendaram e o prefeito Bi Garcia decreta nesta quarta-feira toque de recolher na cidade de Parintins. (Foto: Pitter Freitas/Semcom)
Promotoras Marina e Eliana recomendaram e o prefeito Bi Garcia decreta nesta quarta-feira toque de recolher na cidade de Parintins. (Foto: Pitter Freitas/Semcom)

O prefeito de Parintins, Frank Bi Garcia confirmou há pouco que vai decretar na manhã desta quarta-feira, toque de recolher na cidade de Parintins, o primeiro de um município no Amazonas. A medida foi sugerida na noite desta terça-feira (24/03) pelas promotoras de Justiça no município de Parintins, Eliana leite Guedes do Amaral e Marina Campos Maciel, é mais uma tentativa de fazer com que a população cumpra as medidas de isolamento social para conter o avanço do Covid-19, que ontem registrou a primeira morte de um paciente no Estado, um comerciante da cidade que faleceu em Manaus, constituindo na primeira morte no Estado. O toque de recolher entra em vigor a partir desta quarta-feira (25/03) por 15 dias e será a partir das 20 horas às seis horas da manhã do dia seguinte. Quem desobedecer ao toque de recolher será multado em R$ 300,00 e multa em dobro aos reincidentes. 

A medida extrema não se aplica aos trabalhadores dos serviços essenciais, das áreas da saúde e trabalhadores do comércio destinados ao abastecimento alimentício e farmacológico, bem como de pessoas que necessitem se ausentarem de suas residências por razões emergenciais, tais como, aquisição de fármacos e atendimento médico, desde que a façam sem acompanhamento. A medida ainda prevê a apreensão de veículos e a condução forçada dos infratores.

As promotoras basearam a recomendação com base nos artigos 267 e 268 do Código Penal – causar epidemia, mediante a propagação de germes patogênicos que prevê pena de detenção de um a dois anos e se resultar em morte de dois a quatro anos e, infringir a determinação do poder público, destinada a impedir a introdução ou propagação da doença cuja pena prevista é de um a ano de detenção e multa.

De acordo com a recomendação “fica terminantemente proibida, em razão do toque de recolher, a circulação e a permanência de pessoas em parques, praças públicas municipais, ruas e logradouros, objetivando evitar contatos e aglomerações”.

Parintins foi o primeiro município do interior a registrar caso positivo do novo coronavírus, cujo paciente faleceu nesta terça-feira em Manaus para onde foi transferido no final da semana passada. Além dele um outro paciente oriundo de Parintins testou positivo. Além desses dois casos, outras 63 pessoas estão em processo de monitoramento. 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Parintins - AM
Atualizado às 12h03
28°
Muitas nuvens Máxima: 29° - Mínima: 24°
32°

Sensação

12.6 km/h

Vento

80.8%

Umidade

Fonte: Climatempo
Municípios
Últimas notícias
Mais lidas