Esperança

Coronavírus: macacos infectados ficaram imunes ao vírus

De acordo com os cientistas chineses, após a infecção primária, quatro animais testados não foram infectados novamente pelo coronavírus

19/03/2020 19h59
Por: Redação
Fonte: Com informações UOL

Por se tratar de um vírus novo, pesquisadores apontam que ainda não é possível saber se uma pessoa pode ter coronavírus mais de uma vez. Um estudo feito com macacos rhesus pode trazer alguma esperança para essa dúvida. De acordo com os cientistas chineses, após a infecção primária, quatro animais testados não foram infectados novamente pelo coronavírus, mesmo tendo o Sars-Cov-2 inserido diretamente em seus corpos.

A análise, publicada no periódico BioRxiv, revelou que, quando infectados, os animais apresentaram sinais semelhantes àqueles observados em humanos, como tosse e espirros. Após voltarem ao normal e serem considerados curados por testes, metade dos macacos infectados foi novamente submetida à mesma dose da cepa SARS-CoV-2.

Os pesquisadores disseram que exames virológicos, radiológicos e patológicos não apontaram a recorrência de covid-19, indicando que os macacos ficaram imunes após a primeira infecção. Embora interessantes, os resultados devem ser interpretados com cautela. Por analisar apenas quatro animais, o estudo é considerado pequeno e carece de revisão científica.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Parintins - AM
Atualizado às 01h29
24°
Muitas nuvens Máxima: 30° - Mínima: 23°
24°

Sensação

5.9 km/h

Vento

85.6%

Umidade

Fonte: Climatempo
Municípios
Últimas notícias
Mais lidas