Terça, 18 de Maio de 2021 17:52
92 985461091
Direitos Humanos Amigos do Down

Associações de apoio a pessoas com Síndrome de Down pedem prioridade na fila da vacina contra a Covid-19

Até o momento, não há dados divulgados de forma oficial com relação aos números de pacientes Down vítimas da Covid-19, tampouco uma iniciativa que os inclua em uma posição de urgência na fila da vacina.

26/03/2021 00h32
Por: Redação Fonte: Revista Cenarium
A prioridade na fila da vacina contra a Covid-19 é essencial para os que integram os grupos considerados de maior risco (Reprodução/ Arquivo Pessoal)
A prioridade na fila da vacina contra a Covid-19 é essencial para os que integram os grupos considerados de maior risco (Reprodução/ Arquivo Pessoal)

Priscilla Peixoto – Da Revista Cenarium

MANAUS- A Associação de Pais e Amigos do Down no Amazonas (Apadam), em parceria com a Federação Brasileira das Associações de Síndrome de Down (FBASD), lançou no último dia 09 de março a “Campanha vacina já!”, onde pedem a prioridade da vacina contra a Covid-19 para pessoas com Síndrome de Down e com deficiências.

Em tempos de pandemia, a população vive os devastadores efeitos causados pela Covid-19. Inúmeras vidas foram interrompidas, planos desfeitos e o medo e isolamento para aqueles que conseguiram sobreviver ao potente e letal vírus é real.

Para algumas pessoas inseridas no grupo de risco, o receio é ainda maior. Hipertensos, obesos, cardíacos e algumas outras comorbidades agravam a situação dos que lutam para se proteger. Para as pessoas com a Síndrome de Down a situação não é diferente.

Stephanie Santos também pede pela prioridade na vacina (Reprodução/Arquivo Pessoal)

Segundo o presidente da Apadan, Omar Santos, a baixa imunidade e as comorbidades colocam as pessoas com a síndrome em um alto grau de exposição: “A vacina é muito importante, pois as imunidades de pessoas com a síndrome é muito baixa e eles possuem outras comorbidades. Inclusive, a maioria apresenta comorbidade cardíaca e para eles o vírus se torna mais letal. De janeiro de 2021 até agora, já perdemos aqui em Manaus oito pessoas com Down”, lamenta Omar.

No Amazonas, desde domingo, 21, até o próximo dia 28, é celebrada a “Semana de Conscientização sobre a Síndrome de Down”. Até o momento, não há dados divulgados de forma oficial com relação aos números de pacientes Down vítimas da Covid-19, tampouco uma iniciativa que os inclua em uma posição de urgência na fila da vacina.

Vacinas para familiares

Omar atenta, ainda, para a importância da imunização dos familiares das pessoas com Síndrome de Down, por serem os familiares, na maioria dos casos, os seus principais cuidadores. “Se um familiar que convive com pessoas que têm deficiência ou a Síndrome de Down, ela vai contaminar outras pessoas dentro da casa, ou corre o risco de morrer. E se ela morrer, quem vai cuidar dessas pessoas que necessitam de cuidados especiais?”, questionou Omar.

O pedido é priorizando a vacina contra a Covid-19 para pessoas com Síndrome de Down e com deficiências (Reprodução/Arquivo Pessoal)

Brasil

Recentemente, um estudo divulgado pelo Jornal Acadêmico Annals of Internal Medicine, apontou que pessoas com síndrome de Down têm dez vezes mais riscos de morrer, em comparação com outros pacientes fora dessa categoria. Em função disso, a vacinação voltada para este público, que também pode ser considerado de risco, é fundamental e urgente.

No Brasil, um a cada 700 bebês nascem com a síndrome, que não se trata de uma doença, mas uma alteração genética que inspira cuidados a mais no âmbito do desenvolvimento e na saúde. A alteração ocorre quando a criança nasce com três cromossomos (trissomia) 21, e não dois, como o habitual. Por este motivo, a data 21 de março foi escolhida para celebrar a autonomia das pessoas com a síndrome.

Comoveu a população

Um caso que comoveu a população e repercutiu nas redes sociais de todos no Brasil foi o de Emerson Júnior, paciente com síndrome de Down que comoveu os internautas após ser fotografado abraçando um enfermeiro durante um atendimento hospitalar em Caapiranga, no interior do Amazonas. O jovem, infelizmente, morreu no início deste ano em decorrência da Covid-19, aos 30 anos de idade.

Na ocasião, Emerson estava agitado e com medo e o enfermeiro Raimundo Nogueira, 38, resolveu abraçá-lo para acalmá-lo enquanto realizava os procedimentos do atendimento. Durante o tratamento, Emerson apresentou melhora, porém, teve uma parada cardíaca e precisou ser intubado.

O jovem veio a óbito no município de Manacapuru, a 99 quilômetros de Manaus. Sua morte foi bastante lamentada pelos moradores de Caapiranga – cidade natal de Emerson – onde ele era figura bastante conhecida e querida por muitos.

Emerson morreu vítima de Covid- 19 (Reprodução/Mirene Borges da Silva)

Proposta

Em função da causa, o deputado federal Zé Ricardo (PT/AM) está propondo ao Ministério da Saúde, via Indicação, que as pessoas com Síndrome de Down sejam incluídas entre os grupos prioritários do Plano Nacional de Imunização (PNI) contra a Covid-19.

“Os cientistas estão afirmando que esse grupo tem um risco quatro vezes maior de internações e dez vezes mais chances de morrer. Não temos conhecimento das estatísticas oficiais. Mas, nesta segunda onda da pandemia aqui no Estado, soubemos de várias mortes envolvendo os pacientes Down”, pontua o deputado.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Parintins - AM
Atualizado às 18h33 - Fonte: Climatempo
29°
Pancada de chuva

Mín. 24° Máx. 29°

33° Sensação
8.1 km/h Vento
70.5% Umidade do ar
80% (20mm) Chance de chuva
Amanhã (19/05)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 23° Máx. 29°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Quinta (20/05)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 23° Máx. 29°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Ele1 - Criar site de notícias