Segurança

Governo do Amazonas instala Gabinete de Crise para se antecipar a possíveis conflitos decorrentes do combate do Estado ao tráfico de drogas

Por determinação do governador Wilson Lima, que está em Brasília para reunião de governadores, o Gabinete de Crise foi instalado ainda no início da noite, no Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), da Secretaria de Segurança (SSP-AM).

11/02/2020 07h16
Por: Carlos Alexandre
97
Fotos: Tácio Melo/ Secom
Fotos: Tácio Melo/ Secom
O Governo do Amazonas instalou, na noite desta segunda-feira (10/02), Gabinete de Crise da Segurança Pública. A medida colocou todo o sistema de segurança em alerta, nas cadeias e nas ruas da cidade. Objetivo do Estado é se antecipar a qualquer tipo de distúrbio provocado por criminosos, em decorrência do intenso combate que o Governo vem executando contra o tráfico de drogas. Em 2019, os números de operações e de apreensões de entorpecentes foram recordes.
 
Por determinação do governador Wilson Lima, que está em Brasília para reunião de governadores, o Gabinete de Crise foi instalado ainda no início da noite, no Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), da Secretaria de Segurança (SSP-AM). Estiveram presentes representantes de todas as forças de segurança pública estadual, do Tribunal de Justiça (TJAM), Ministério Público (MPE), Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-AM) e da Defensoria Pública (DPE).
 
‘’Reunimos nossos comandantes das forças policiais e demais órgãos importantes nesse processo. Estamos nos antecipando e fazendo tudo que é preciso para resguardar a ordem nos presídios e a integridade da população. O firme combate ao tráfico provoca reações e estamos utilizando todo nosso aparato policial e de inteligência para proteger a população’’, destacou o vice-governador do Amazonas e secretário chefe da Casa Civil, Carlos Almeida, logo após instalar o Gabinete de Crise.
 
O secretário executivo de Segurança Pública, coronel Anézio Paiva, relatou que a necessidade de instalação do Gabinete foi identificada a partir dos sinais de desentendimento entre integrantes de facções, identificados pelos serviços de inteligência do Estado: da Secretaria de Inteligência (Seai), Polícia Militar e da Secretaria de Administração Penitenciária (Seap).
 
No fim de semana, informa o secretário de Administração Penitenciária, coronel Marcus Vinícius, as visitas nos presídios foram suspensas no domingo. ‘’Uma estratégia para resguardar a vida dos visitantes em caso de confronto entre detentos’’, disse.
 
Ações imediatas - ‘’Nosso monitoramento é contínuo e assim que percebemos novos sinais de possibilidade de conflito, passamos a adotar novas medidas, como isolamento de detentos e a própria suspensão das visitas’’. Segundo o secretário, as vistorias também têm sido intensificadas, frequência que também será ampliada.
 
O comandante da Polícia Militar (PM), coronel Ayrton Norte, afirmou que já nesta noite de segunda-feira, o efetivo da PM foi ampliado em Manaus. ‘’Mantivemos as equipes do dia no turno da noite, para somar esforços. Nosso objetivo é justamente se antecipar e aumentar a segurança à população.
 
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Parintins - AM
Atualizado às 15h42
29°
Muitas nuvens Máxima: 31° - Mínima: 24°
33°

Sensação

4.4 km/h

Vento

77.5%

Umidade

Fonte: Climatempo
Municípios
Últimas notícias
Mais lidas