Quinta, 24 de Setembro de 2020
92 991739585
Esportes UFC

Com vitória polêmica, Jon Jones quebra recorde histórico do UFC

Reyes cansou e se tornou alvo do leque de ataques do talentoso campeão.

09/02/2020 03h10 Atualizada há 8 meses
Por: Carlos Alexandre
Jones agora aparece isolado no topo da lista.
Jones agora aparece isolado no topo da lista.

Jon Jones segue imbatível na divisão até 93 kg. Neste domingo, 9, diante do até então invicto Dominick Reyes, ‘Bones‘ voltou a provar porquê conquistou seu cinturão em março de 2011 e nunca o perdeu – ao menos dentro do octógono. E no UFC 247, ele precisou de todos os cinco rounds previstos para superar seu duro oponente.

Apesar de mostrar mais ímpeto no ínício do combate e pressionar com potentes combinações de golpes, Reyes cansou e se tornou alvo do leque de ataques do talentoso campeão. Como diferencial, o campeão quebrou o ritmo do combate em diversas ocasiões com quedas que não apenas impressionaram os jurados como também confundiram o jovem desafiante.

De quebra, Jones quebrou o recorde histórico de Georges St-Pierre, que era dono do maior número de vitórias em duelos válidos por cinturão. Com 14 triunfos, Jones agora aparece isolado no topo da lista.

A luta

O primeiro round começou com o desafiante partindo com tudo para cima e levando a pior, recebendo contragolpes precisos e muitos chutes e pisões, principalmente no joelho. No entanto, na metade da etapa, Reyes conectou um soco no peito de Jones, que se desequilibrou. Na sequência uma saraivada de cruzados e diretos colocaram o campeão contra a grade, cena que marcou a etapa. Vantagem mínima do desafiante.

No segundo assalto, Jones imprimiu ritmo ofensivo ao dominar o centro do cage, mas pouco fez para minar o rival – apenas com golpes únicos e precisos. O campeão optou por pressionar Reyes o obrigando a se movimentar, acelerando assim sua chance de cansar – além de garantir um round a seu favor. Vantagem mínima parcial.

Na etapa seguinte, Reyes conseguiu frustrar a estratégia do campeão ao conectar mais golpes, alternando ataques na linha de cintura e no rosto. Por duas vezes, seus ataques acertaram em cheio o campeão, que chegou a tentar uma queda, sem sucesso. Novo round apertado: Reyes 2 x 1 Jones.

O quarto assalto contou com nova blitz do desafiante, que voltou a encurralar Jones nas grades e pressiona-lo com combinações de cruzados. Mais agressivo, Jones tentou seguidas quedas, todas bem defendidas pelo rival, o que fez do duelo uma verdadeira guerra a partir de então. Reyes 2 x 2 Jones.

No último assalto, o atleta de 30 anos voltou a começar melhor, mas caiu de rendimento diante dos chutes baixos do campeão, que dominou o centro do cage desde o início, justamente marca que terminou por lhe garantir a manutenção do título após o término do tempo regulamentar. Reys 2 x 3 Jones.



O resultado positivo em favor de Jones foi polêmico, pois mais da metade da mídia especializada em MMA deram vitória pro desafiante. Vale lembra que ano passado Jones também venceu de forma controvérsia o brasileiro Thiago 'Marreta'.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Parintins - AM
Atualizado às 20h38 - Fonte: Climatempo
27°
Muitas nuvens

Mín. 23° Máx. 34°

28° Sensação
6.7 km/h Vento
52.5% Umidade do ar
90% (20mm) Chance de chuva
Amanhã (25/09)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 23° Máx. 31°

Sol com muitas nuvens e chuva
Sábado (26/09)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 24° Máx. 29°

Sol com muitas nuvens e chuva
Ele1 - Criar site de notícias