Segunda, 18 de Janeiro de 2021 09:07
92 98856-3549
Poder Poder

Zé Ricardo critica governo Bolsonaro pelo aumento no gás de Cozinha

Segundo o deputado os aumentam representam um peso de 11% no bolso da população.

09/01/2021 12h02
Por: Carlos Alexandre
Zé Ricardo critica governo Bolsonaro pelo aumento no gás de Cozinha

“Mais uma vez o Governo Bolsonaro com sua política de privatização aperta o bolso da população. No início do último mês de dezembro, já havia aumentado o gás de cozinha em  5%”. As palavras do deputado federal José Ricardo (PT), nesta sexta-feira (8), quando criticou o aumento do gás de cozinha.

Segundo o deputado, é a segunda elevação de preço do produto no período de um mês. Somados, os aumentos representam um peso de 11% no bolso da população.

Como consequência, uma botija que custava R$ 51 em maio de 2020, hoje é vendida na casa dos R$ 90, na capital. Isso porque nos municípios do Amazonas o preço é mais alto.

Confira a nota do deputado petista

O povo não aguenta mais aumento de preços

Mais uma vez o Governo Bolsonaro com sua política de privatização aperta o bolso da população. No início do último mês de dezembro, já havia aumentado o gás de cozinha em 5%. Como se não fosse pouco, começa o ano anunciando mais um aumento, de 6%. Em maio de 2016, o preço do gás de cozinha era R$ 51,29, no Amazonas, segundo a Agência Nacional de Petróleo. Com o reajuste desse mês o preço deve ficar em torno de R$ 90.

Ano passado, o gás de cozinha teve seu preço reajustado por 10 vezes, fechando o ano com aumento acumulado de 21,9%, quadriplicando a inflação estimada para o mesmo período. Estes repetidos reajustes é um verdadeiro absurdo em meio de uma grave crise sanitária por conta da pandemia que elevou o desemprego a níveis recordes, e aqueles trabalhadores que ainda mantiveram seu trabalho, amargam perda de poder aquisitivo que ronda os 20%.

Desde Temer, e agora com Bolsonaro, os preços dos combustíveis e do gás de cozinha ficam à mercê da variação do mercado internacional o que prejudica e muito a população do Amazonas e do País inteiro que pode ficar sem acesso ao gás de cozinha e ter que voltar a cozinhar à lenha, prejudicando ainda mais o meio ambiente. É necessário, que o Governo Federal reveja a política de reajustes de preços, principalmente nestes tempos de crise economia, inflação alta e pandemia, para não penalizar ainda mais o povo, já que somos um dos maiores produtores de petróleo do mundo com a quarta maior reserva mundial.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Parintins - AM
Atualizado às 09h47 - Fonte: Climatempo
28°
Pancada de chuva

Mín. 23° Máx. 32°

29° Sensação
12.9 km/h Vento
59.6% Umidade do ar
90% (25mm) Chance de chuva
Amanhã (19/01)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 23° Máx. 30°

Sol com muitas nuvens e chuva
Quarta (20/01)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 23° Máx. 29°

Sol com muitas nuvens e chuva
Ele1 - Criar site de notícias