Quinta, 02 de Julho de 2020
92 98469-0313
Saúde Covid-19

Ipixuna confirma seis primeiros casos de Covid-19 e prefeitura decreta suspensão de atividades não essenciais

Suspensão total de atividades não essenciais na cidade deve seguir até 28 de junho. Informações constam em decreto municipal.

23/06/2020 09h26
Por: Redação
Município de Ipixuna, na calha do rio Juruá — Foto: Divulgação/Defesa Civil do AM
Município de Ipixuna, na calha do rio Juruá — Foto: Divulgação/Defesa Civil do AM

A Prefeitura de Ipixuna, distante 1,3 mil quilômetros de Manaus, decretou a suspensão total de atividades não essenciais na cidade a partir desta terça-feira (23). A medida visa evitar a disseminação do novo coronavírus na cidade, que teve os seis primeiros casos confirmados no sábado (20), de acordo com a prefeitura.

Até então, Ipixuna e Envira eram os únicos municípios do Estado sem casos confirmados da Covid-19, que já infectou mais de 63 mil pessoas no Amazonas até este domingo (21). Nesta segunda-feira, o boletim do governo estadual informou apenas três casos em Ipixuna, mas, conforme a secretaria de saúde do município, houve uma falha no envio das informações locais à FVS-AM. Os seis casos devem constar no boletim desta terça.

O decreto municipal Nº 037/2020 considera que ainda há a necessidade de suspender atividades para evitar a circulação e aglomeração de pessoas, e o crescimento da curva de contágio do vírus. Do total de casos registrados no Amazonas, 60% são do interior.

"No dia 20 de junho de 2020, foram detectados os três primeiros casos de Covid-19 no município, bem como outros três já curados do mesmo vírus, motivo pelo qual na presente situação demonstra-se impossível mensurar a dimensão da disseminação do vírus no município", diz trecho do decreto.

A suspensão total das atividades não essenciais deve seguir até o dia 28 de junho, segundo o decreto, sujeito a prorrogação. Os serviços de delivery devidamente identificados estão autorizados a funcionar sem restrição de horário.

Redução da Covid-19 em Manaus

Com a queda no número de enterros diários, o cemitério Nossa Senhora Aparecida, em Manaus, suspendeu o sistema de enterros em vala comum e retomou, na última quarta-feira (17), os sepultamentos em covas individuais. O sistema de valas comuns, chamado pela prefeitura de "trincheira", era realizado desde o dia 21 de abril, quando o aumento da demanda saltou de uma média de 30 enterros diários, para mais de 100 por dia.

Em meio ao pico das mortes, no final de abril, o sistema chegou a até empilhar caixões - medida esta que foi revertida pela prefeitura. Desde então, com a diminuição de casos, o sistema "desafogou" e volta a viver quase uma rotina costumeira, com um leve acréscimo nos números que já eram diariamente trabalhados.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Parintins - AM
Atualizado às 05h41 - Fonte: Climatempo
24°
Muitas nuvens

Mín. 23° Máx. 33°

24° Sensação
6.9 km/h Vento
87.7% Umidade do ar
90% (8mm) Chance de chuva
Amanhã (03/07)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 23° Máx. 32°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Sábado (04/07)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 23° Máx. 32°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Ele1 - Criar site de notícias